Fototerapia Henrique Vieira Filho
Promoção!

Fotopsicoterapia – A Fotografia Como Instrumento Terapêutico – Via Internet

R$1.700,00 R$890,00

5x de R$178,00

Este Curso é voltado para Terapeutas que desejem agregar a Fotografia como um recurso catalisador em seus atendimentos.

A Fotopsicoterapia utiliza imagens fotográficas como recursos lúdicos nos quais os Clientes espelham seu estado emocional.

As sessões são conduzidas por Psicoterapeuta Profissional, podendo ser individuais ou em grupo, presenciais (fisicamente ou via internet), com cerca de 45 minutos de duração, uma por semana, sem prazo de finalização.

Há, basicamente, três vertentes na Fotopsicoterapia: uma que propõe trabalhar com “kits” de imagens previamente definidas, enquanto a outra, utiliza fotografias selecionadas pelo próprio Cliente, seja porque foi ele quem fotografou, ou de autoria de terceiros que o retrataram, ou, ainda, de origens diversas, mas que sejam por ele escolhidas, por lhe despertarem a sua atenção no momento e, ainda, uma terceira que trabalha especificamente com retratos corporais do próprio Cliente.cata

Docente: Henrique Vieira Filho

Descrição

Curso LIVRE de Fotopsicoterapia
A Fotografia Como Instrumento Terapêutico

Seja um dos pioneiros da técnica no Brasil, tornando-se referência na Profissão!

Torne seu atendimento ainda mais atrativo, eficaz e lúdico, agregando a Fotografia em sua Terapia: desde os Clientes maduros, com seus álbuns de família e de viagens, até as gerações mais novas, com suas “selfies” e fotos em redes sociais, o leque potencial de público é universal!

Desnecessário conhecimentos técnicos em fotografia, pois o que importa em terapia são as emoções, lembranças e ideias que as imagens despertam, por livre associação e exercícios de imaginação dirigida.

São utilizadas, em especial, fotos trazidas pelos próprios Clientes, como também podem ser objetos de terapia “kits” de imagens genéricas sobre os mais diversos temas. Indifere se são impressas em papel ou digitais (apresentadas em celulares, tablets, computadores…).

Os aprovados estarão aptos a conduzir sessões de Fotopsicoterapia, podendo ser individuais ou em grupo, presenciais (fisicamente ou via internet), com cerca de 45 minutos de duração, de periodicidade semanal, propiciando aos Clientes ampliar o Autoconhecimento.

A Fotopsicoterapia pode ser associada livremente com outras técnicas, agregando mais valor ao seu formato de trabalho atual.

Henrique Vieira Filho une sua experiência como psicanalista junguiano, fotógrafo e artista plástico para propor o uso da fotografia como instrumento em atendimento terapêutico profissional, individual ou em grupo, sem descartar a possibilidade de aplicação como auto-ajuda.

 

Este curso classifica-se como LIVRE, ou seja, sem nenhuma vinculação ao MEC ou seus prepostos.

Carga horária estimada de estudos: 440 horas/aulas/trabalhos, distribuídas em 4 meses

Módulo Básico – com Certificado de Conclusão aos aprovados

Conteúdo curricular e estimativa de distribuição da carga horária:

Módulo Básico:

MATÉRIAS HORAS/AULAS
Introdução ao Paradigma Holístico – Módulos Essenciais 16
História da Terapia Holística – Módulos Essenciais 8
Psicoterapia Holística – Módulos Essenciais 48
NTSV e Legislação – Módulos Essenciais 24
Abordagem Holística do Cliente – Módulos Essenciais 8
Técnicas Terapêuticas Comparadas – Módulos Essenciais 32
Correntes Psicanalíticas: Freud, Reich e Jung 72
Adaptações de Técnicas Psicanalíticas à Terapia Holística 32
Imaginação Ativa e Dirigida Na Prática 60
Fotopsicoterapia 140
CARGA HORÁRIA TOTAL: 440

 

Proposta: Este Curso objetiva capacitar Terapeutas para a inclusão da Fotografia como recurso lúdico e catártico em seus atendimentos.

A Fotopsicoterapia utiliza imagens fotográficas como recursos lúdicos nos quais os Clientes espelham seu estado emocional.


As sessões são conduzidas por Psicoterapeuta Profissional, podendo ser individuais ou em grupo, presenciais (fisicamente ou via internet), com cerca de 45 minutos de duração, uma por semana, sem prazo de finalização.

A Psicoterapia é parte integrante do atendimento na Terapia Holística e um de seus maiores diferenciais em relação a outras profissões correlatas. Uma das formas mais práticas e eficientes de introduzir a proposta em consultórios é a implementação de técnicas básicas de Aconselhamento. Outrossim, somaremos outras formas de abordagens psicoterápicas, em especial, algumas correntes básicas da psicanálise.

Incluiremos paralelismos entre as idéias de Freud, Reich e Jung e as tradições terapêuticas milenares, mostrando que existe compatibilidade entre todos, passíveis de serem sintetizadas em procedimentos de consultório dos Terapeutas Holísticos.

 

Docente: Henrique Vieira Filho

 

Planejamento – Conteúdo programático

Módulos Essenciais – Obs.: Participação e Aprovação Obrigatória e Eliminatória

  • Introdução ao Paradigma Holístico – histórico; definição; comparação entre o paradigma cartesiano e o holístico; a visão holística aplicada à qualidade de vida, à saúde, à educação e à empresa – esta disciplina objetiva atualizar o aluno perante as correntes atuais de pensamento, às quais resgatam a visão milenar de universo inter-relacionado e as aplicam às ciências atuais.
  • Psicoterapia Holística – introdução; “behaviorismo”; psicanálise; psicoterapia humanista; psicoterapia transpessoal; técnicas de aconselhamento; psicoterapia moderna e terapias milenares – esta disciplina objetiva um melhor preparo ao Terapeuta Holístico em seu relacionamento com o Cliente, auxiliando este por meio de técnicas de aconselhamento que visem o autoconhecimento;
  • NTSV e Legislação Profissional – análise das Normas Técnicas Setoriais Voluntárias da Terapia Holística; avaliação dos atuais textos legais referentes ao exercício profissional; direitos e deveres como cidadão; como montar um consultório; questões contábeis: inscrição como autônomo, abertura de firma e registro via CLT – esta disciplina objetiva um maior preparo do Terapeuta Holístico ao exercício de sua profissão, bem como à sua cidadania;
  • Abordagem Holística do Cliente – A abordagem do cliente nas diferentes linhas terapêuticas; a concepção holográfica do complexo corpo/mente/universo – esta disciplina objetiva fornecer ao discente uma compreensão maior do funcionamento psicobiofísico de seu cliente, no paradigma energético, em contraponto à visão convencional,;
  • Técnicas Terapêuticas Comparadas – introdução básica às técnicas terapêuticas mais usadas no Brasil e no mundo; o uso integrado de várias técnicas no atendimento individual, em grupo e na empresa – esta disciplina objetiva inteirar o discente sobre a vasta gama das especialidades terapêuticas, auxiliando-o na escolha das mais adeqüadas para cada caso, bem como a trabalhar com várias delas integradas num mesmo objetivo final;
  • História da Terapia Holística – a definição do Terapeuta Holístico no Brasil; origem e reconhecimento mundial; o movimento da Contra-Cultura e a elitização das Terapias; a situação no Brasil – esta disciplina objetiva situar o Terapeuta Holístico em seu papel histórico/cultural bem como à maior compreensão da importância atual do exercício de sua profissão para a sociedade;
  • Psicoterapia Holística – introdução; histórico; análise das principais técnicas psicoterápicas – orientais e ocidentais; psicoterapia, terapias “alternativas” e medicina oficial; as tradições milenares e as modernas psicoterapias; terapias reichiana e neo-reichianas; bioenergética; neurolinguística; calatonia; psicoterapia aplicada – esta disciplina objetiva preparar o Terapeuta Holístico para uma profunda compreensão da técnica, bem como à sua prática, inclusive associada a outros métodos terapêuticos;

Disciplinas Específicas do Curso de Fotopsicoterapia – Obs.: Participação e Aprovação Obrigatória e Eliminatória

  • Apresenta uma linha do tempo comparativa entre as principais correntes (Phototerapy, Photolangage, Photoanalysis, Reading Pictures, Walker Visuals, Spectro Cards), suas práticas e métodos, bem como a influência do educador Paulo Freire na vertente brasileira, além de propor uma nova abordagem,  embasada em Carl Gustav Jung e na Arteterapia;
  • Adaptações de Técnicas Psicanalíticas à Terapia Holística – Bem fundamentado nas técnicas de Aconselhamento, o Terapeuta Holístico mais facilmente pode diversificar, acrescentando outras formas de Psicoterapia ao seu currículo, tais como a Psicanálise Freudiana, Reichiana e Junguiana e a Terapia Transpessoal, que são fundamentos paras vários recursos em nossa profissão, tais como as técnicas de regressão, progressão, vivências, leitura corporal, etc….
  • Estudo vivencial de imaginação ativa e dirigida

Metodologia Prevista

A Comunidade de Estudos Avançados em Terapia Holística, dentre outros recursos, disporá em seu Módulo Básico, de aulas e provas SEMANAIS via Internet (distribuídas por 8 semanas seguidas), incluindo textos para estudos e consulta, questionários, tarefas e provas.

As aulas teóricas conterão textos próprios e/ou recursos áudiovisuais via Internet (salas de “bate-papo”, vídeos, “e-books”, etc.), além da recomendação de leituras extra-classe destacadas dentre a bibliografia recomendada, sendo que alguns livros didáticos serão destacados como necessários para o acompanhamento das aulas;

Ênfase à descrição de casos como forma de apreender o conteúdo teórico e preparar para a prática;

Supervisão via Internet (“e-mail”, sala de “bate-papo”, fórum “online” e similares) como forma de introduzir o Terapeuta Holístico no trabalho prático, aumentar a autoconfiança e de melhor avaliar seu aprendizado.

 

Corpo Docente: Henrique Vieira Filho

 

Seleção de Matrícula para Corpo Discente

Requisito básico

Ter quitado o investimento, 2º grau completo e idade acima de 18 anos, podendo haver exceções, a critério da organização.

Requisitos técnicos

Computador com Windows 2000, XP, Vista ou superior e facilidade em instalar programas e utilizar-se de comunicadores online e webcam

Conexão banda-larga à Internet e facilidade em navegação em websites

Web-cam e filmadora digital

Placa de som

Caixa de som ou fone de ouvido

Microfone (em caso de conferências de áudio)

Endereço eletrônico (e-mail)

 

Dispensa de Matérias e Módulo:

Não haverá dispensa de matérias e/ou módulos.

Avaliação VIA INTERNET

Por meio de provas (questionários disponibilizados na Internet e até mesmo, “ao vivo”, via salas de “chat” e similares, além das provas e práticas presenciais via internet), e trabalhos escritos (remetidos exclusivamente por meio de arquivo de computador), individuais e/ou em grupo, além do desempenho na supervisão, sendo a avaliação a critério exclusivo do corpo docente.

A nota média pretendida é 07 (sete), de um total possível de 10 (dez), sendo que para os que não a atingirem, será feito convite a refazer o curso, participando da próxima turma. Será exigido dos discentes uma freqüência mínima de 75% às aulas presenciais semanais, via Internet.

 

Material didático adotado

O valor do investimento à vista custeia todo o material didático, que será em formato digital (PDF e E-Pub), acessível em computadores, smartphones e tablets.

Bibliografia recomendada

ANDRADE, Cássia R.X. “Educação Biocêntrica: vivenciando o desenvolvimento organizacional”- Fortaleza: Banco do Nordeste,2003

AKERET, Robert U. – Photoanalysis: how to interpret the hidden psychological meaning of personal and public photograph. New York: Wyden, 1973.

AKERET, Robert U. – Photolanguage: How Photos Reveal the Fascinating Stories of Our Lives and Relationships. New York: 2000

BAPTISTE, Alain e BÉLISLE, Claire. Dossie Photolangage – Prévention et Santé, Ed. Organisation, França, 1994

BÉLISLE, Claire. Le Photolangage – Communiquer En Groupe Avec Des Photographies, Chronique Sociale, França, 2014

BURGESS, Mark; ENZLE, Michael E.; MORRY, Marian – The social psychological power of photography: can the image-freezing machinemake something of nothing?. Canada: John Wiley & Sons, Ltd., 2000

CAMPBELL, Joseph. As Transformações dos Mitos Através do Tempo. São Paulo: Cultrix, 1992.

CAMPBELL, Joseph. O Herói de Mil Faces. São Paulo: Cultrix, 1992

CAMPBELL, Joseph. As Máscaras de Deus – Mitologia Primitiva. São Paulo: Palas Athena, 2004.

CAMPBELL, Joseph. Mitos, Sonhos e Religião. São Paulo: Ediouro, 2001.

CAMPBELL, Joseph. As Transformações dos Mitos Através do Tempo. São Paulo: Cultrix, 1992.

CAVALCANTE, Ruth. A Educação Biocêntrica – Dialogando No Círculo De Cultura; Revista Pensamento Biocêntrico; Pelotas,2008

CHEVALIER, Jean – Dictionnaire des Symboles. Paris, Éd. Robert Laffont S.A. e Ed. Júpiter, 1982.

DIAMOND,  Hugh  W.  – The Face of Madness: Hugh W. Diamond and the origin of psychiatric photography. Brunner/Mazel: New York, 1976.

DIAMOND, Hugh W. – On the Application of Photography to the Physiog-nimic and Mental Phenomena of Insanity  (lido  ante  a  Royal  Society  em  22 de maio de 1856) em GILMAN, Sander L. The Face of Madness: Hugh Diamond  and  the  Origin  of  the  Psychiatric  Photograph.  Brunner/Mazel  Publishers, New yourk, p.19-24, 1977.

DIAMOND, Hugh W. On The Simplicity of the Catotype Process em Notes and Queries vol. 8 (17 Dec), p.597, 1953.

DIDI–HUBBERMAN. Georges, Invención de L’Hiysterie: Charcot et L’iconographie Photographique da la Salpêtriére, Macula, Paris, 1982

GIL, Cláudia Aranha. A Oficina De Cartas, Fotografias E Lembranças Como Intervenção Psicoterapêutica Grupal Com Idosos; Tese: USP, São Paulo, 2010.

GILMAN,  Sander  L.  Disease and Representation: Images of Illness from Madness to Aids. Cornell University Press, Ithaca and London, 1988.

GILMAN,  Sander  L.  The Face of Madness: Hugh Diamond and the Origin of the Psychiatric Photograph. Brunner/Mazel Publishers, New York, 1977.

GONÇALVES, Tatiana Fecchio da Cunha, A fotografia psiquiátrica no século XIX: Hugh W Diamond

HALKOLA, Ulla. Spectro Cards In Therapy And Counselling – A Guide For Using Photo Cards – Turku, Finlândia, 2011

HALL, James A. -A Experiência Junguiana. São Paulo, Cultrix, 1989.

HEDGES, LAWRENCE E.; HILTON, ROBERT e HILTON, VIRGINIA W. – Terapeutas em Risco – Perigos da Intimidade na Relação Terapêutica, Summus Ed., 1997.

JACOBI, Jolande – Complexo – Arquétipo – Símbolo. São Paulo, Cultrix, 1986.

JUNG, C. G. – Livro Vermelho. São Paulo, Martins Fontes, 2015.

JUNG, C. G. – Psicologia e Alquimia. São Paulo, Vozes, 1991

JUNG, C. G. – Obra completa de C. G. Jung: Caixa (Português). São Paulo, Vozes, 2011

LEXIKON, Herder – Dicionário de Símbolos. São Paulo, Cultrix, 1992.

MARKEY; Christopher- Yin-Yang. S. Paulo, Cultrix, 1987.

MASPERO, Henry – Le Taoisme et les Religions Chinoises. Paris, Ed. Gallimard.

MIYUKI, Mokusen – Versão e comentários – A Doutrina da Flor de Ouro. 5. Paulo, Pensamento, 1990.

MILGRAM, Stanley, The Image-Freezing Machine. In The Individual in a Social World: Essays and experiments, Addison-Wesley: Reading, MA, 1977

MILGRAM, Stanley, The Individual in a Social World: Essays and Experiments, Pinter & Martin Ltd., England, 2009

MORISON,  Alexander.  The Physiognomy of Mental Diseases  (1958)  em  Classics  in  Psychiatry,  advisory  editor  Eric  T.  Carlson.  New  York:  Arno  Press, New York Times Company, 1976.

NATOLI, Adan.  Using Ambiguous Images to Clarify Life Situations, Psychology Department, Rider University, 2012

PEARSON, Carol S. e MARK, Margaret. O Herói e o Fora da Lei, São Paulo, Cultrix, 2003

PEARSON, Carol S. O Despertar Do Herói Interior, São Paulo, Cultrix, 2003

SANTOS JÚNIOR, Paulo Sérgio. A Fotografia Na Psicologia: Metassíntese De Teses E Dissertações Brasileiras, Universidade Federal de Alagoas, 2018

SCHMIDT NETO, Álvaro A. A fotolinguagem como metodologia transdisciplinar. In: (Org.). Resiliência, criatividade e inovação: potencialidades transdisciplinares na Educação.Anápolis: Editora UEG, 2013

SONTAG, Susan. On Photography. Anchor Books: New York, 1990

TABONE, Márcia – A Psicologia Transpessoal. São Paulo, Cultrix, 1987.

VACHERET, Claudine. (org) Photo, Groupe et soin Psychique. Lyon: PUL, 2000

VACHERET, Claudine. (org.). Pratiquer les médiations en groupes thérapeutiques. Paris: Dunod, 2002.

VACHERET, Claudine. A Fotolinguagem: Um Método Grupal Com Perspectiva Terapêutica ou Formativa. São Paulo. Psicologia. Teoria e Prática, v. 10, 2008.

VIEIRA FILHO, HENRIQUE – O Microcosmo Sagrado. São Paulo, Lumina Editorial, 1998.

VIEIRA FILHO, HENRIQUE – Tutorial Terapia Holística. São Paulo, Sintebooks, 2002.

VIEIRA FILHO, HENRIQUE – Marketing Para Consultórios de Terapia Holística. São Paulo, Sintebooks, 2003.

VIEIRA FILHO, HENRIQUE – Psicoterapia Holística – um Caminho Para Si Mesmo, São Paulo, Livroteca, 2019.

WEIL, PIERRE – Holística: Uma Nova Visão e Abordagem do Real – Ed. Palas Athenas, São Paulo, 1990.

WHITMONT; Edward C. – A Busca do Símbolo. São Paulo, Cultrix, 1990.

Curso De Fotopsicoterapia - Via Internet
  • Editor Rating
  • Rated stars
  • 0%

  • Curso De Fotopsicoterapia - Via Internet
  • Reviewed by:
  • Published on:
  • Last modified: 19/07/2020

Este Curso objetiva capacitar Terapeutas para a inclusão da Fotografia como recurso lúdico e catártico em seus atendimentos.
A Fotopsicoterapia utiliza imagens fotográficas como recursos lúdicos nos quais os Clientes espelham seu estado emocional.
As sessões são conduzidas por Psicoterapeuta Profissional, podendo ser individuais ou em grupo, presenciais (fisicamente ou via internet), com cerca de 45 minutos de duração, uma por semana, sem prazo de finalização.

Também pode gostar…